Miguel Pascoal
'' A pior ignorância é julgarmos que sabemos ''
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

O aborto, mas porquê?
É de salientar que no mundo em que vivemos estamos sujeitos a várias situações, uma delas é o aborto, uma interropção do desenvolvimento do feto que não está apto a viver ou seja que não pode viver fora do útero. Mas o que aqui interessa é o porquê desse acto, dum ou do outro modo, o aborto é um crime embora a Bioética (Filosofia) afirma ao contrário procurando argumentos que para mi não têm cabimento ou seja estão do lado do crime. Mas porquê o aborto? Será que não estamos inteirados ou não sabemos que o feto que é abortado também tem direito a vida, assim como qualquer um, somente se pode tirar a vida de alguém sob forma de justiça, é lógico que para se fazer justiça deve haver injustiça e eu pergunto que injustiça fez um feto? Somente queria nascer, crescer assim como nós, mas infelizmente o aborto não permitiu! Algo que talvez não saibam é o que o aborto destroe vidas, histórias, futuros. O feto abortado é feito na maior felicidade e total prazer mas hoje é destruido na maior frieza deixando aquilo que um dia viria a ser alguém na maior tristeza.

As mulheres que fazem o aborto será que nunca pensaram que elas existem porque suas mães preferiram ser mães e não assassinas? O feto abortado também queria alguém para lhe dar atenção, chamar de mãe, pôr os pés no chão, respirar o ar que respiramos, sentir o carinho duma mas tudo não se passava duma ilusão! Algo que as “assassinas” talvez não saibam é que um dia também irão morrer talvez da pior forma. O que valeu, vale abortar? Certamente que nada mas carregarão para sempre o peso de ter privado uma vida de ser algo.

Eu não vejo quaisquer motivos que possam levar alguém a fazer um aborto, outras clamam por não ter filhos enquanto que outras estão matando, mas o que está a acontecer, connosco?
Miguel Pascoal
Enviado por Miguel Pascoal em 12/03/2016
Alterado em 12/03/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários